Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

FELIZ ANO NOVO, SÓ QUE NÃO!

Imagem
Caros amigos que nos acompanham ao longo destes sete anos, Feliz Ano Novo! Estou constrangido por entender que esta frase é muito mais formal do que factual. Sim, de fato temos pouquíssimas coisas para encorajar um ano novo, uma pena.
Ao longo deste ano que impregnou a vida de brasileiros com sujeira e imundície ideológica e discursos políticos de ocasião, restou um legado obviamente indigesto e pouco manejável, se é que estou me fazendo entender. Como tem sido nos últimos anos, o resultado do ano que se finda compromete e castiga o ano que chega, mas desta vez existem combinações explosivas e que turbinado pelo desemprego que em janeiro atingirá o número de mais de 13 milhões de desocupados(alguns deles saíram do mercado de trabalho em pleno mês de dezembro), culminará com uma das rendas familiares mais baixas dos últimos 26 anos. Isso não é pouco e demorará muito tempo para voltarmos a um patamar aceitável que reorganize e impulsione o crescimento interno. 
Ponte quebradaNão se pode s…