Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

O JUROS NO DIVÃ.

Alexandre Tombini, presidente do Banco Central, afirmou que a reação da economia brasileira às medidas de estímulo como corte dos juros básicos está mais demorada do que o usual.Ele aponta para defasagem nos efeitos da política monetária.Sempre é bom lembrar que a previsão do FMI (Fundo Monetário Internacional) para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2013 é de 4,6% e para este ano espera-se 2,5% de alta.
Juros cá....Juros lá..

No velho continente, seu colega e presidente do Banco Central Europeu Mario Draghi disse que  o BCE “está pronto para fazer tudo aquilo que for necessário para preservar o euro” . Os juros sobre as obrigações da Espanha, em especial, caíram bastante, e os mercados de ações prosperaram por conta disto.Entretanto, discurso é discurso e jogo não é treino...sei lá...mas o Banco Central Europeu (BCE) manteve o juro básico da zona do euro em 0,75% e o seu presidente Mario Draghi abandonou o discurso pirotécnico da semana passada ao defender …